Vida de boneco

Teatro com boneco de vara

peca.png
peca.png
vida de boneco 1.jpg

Os alunos e as alunas pesquisaram sobre contos tradicionais, lendas e a cultura popular brasileira para criar, inventar e reinventar suas próprias histórias. Criaram os roteiros, os personagens, os cenários e confeccionaram também os bonecos de varas com papel, papelão, objetos e materiais variados. Partimos então para os ensaios e vamos às apresentações do teatro com bonecos de vara. O boneco de vara é um tipo de boneco manipulado através de varas ou hastes, que podem ser de madeira, plástico ou metal leve. Pode ser tanto um simples objeto preso numa vara como também ser constituído por mecanismos com várias varas para movimentar boca, braços e pernas. Alguns bonecos, devido à complexidade de sua manipulação, podem precisar de mais de um titereiro para movimentá-los. O gênero é derivado do Wayang, boneco da ilha de Java, na Indonésia. A técnica se expandiu modernamente por todo o mundo através de numerosas variações. O boneco de vara é manipulado de baixo para cima e o manipulador (ou titereiro) fica oculto por uma tapadeira. No caso do Wayang de Java, o manipulador opera o boneco sentado no chão, e a tapadeira é uma faixa de tecido baixa. No teatro de vara do ocidente, os manipuladores manipulam de pé, atrás de uma tapadeira alta.

 

 

 

 

“Quando as aves falam com as pedras

e as rãs com as águas

é de poesia que estão falando.”

 

Manoel de Barros

 PROFESSOR MARCELO

teatro vento forte.jpg

“Era uma vez um pano vermelho brilhante.

Era uma vez um pano amarelo quadrado.

Era uma vez um quadrado de papel desenhado.

Era uma vez um desenho colorido num lenço quadrado.

Era uma vez um quadrado cheio de bolas.

Era uma vez um coração de papel celofane transparente.

Era uma vez um coração de metal.

Era uma vez um quintal onde passavam todas as correntezas e todos os ventos.

Ventos fortes.”

 

Ilo Krugli