CONEXÕES EM (RE)CONSTRUÇÃO

“Desvendar a consciência que nos habita...”

Henri Bergson

 

A Imaginar-te chegou... Nesse ano de dois mil e vinte, fomos convocados a repensar o ser/estar na escola, o ser estar no mundo, SER, ESTAR. Bergson, um filósofo francês nos convidaria se aqui estivesse, a desvendar a consciência que nos habita. Por que isso tanto importa, desde a primeira infância até a idade adulta? Talvez porque nos acorde ao presente. À presença. A estar vivo, caminhando, passo a passo, peça a peça, contemplando e agindo como provoca um jogo de quebra cabeças, que exige sentir e pensar ao mesmo tempo, acalmar para enxergar, solicita escolher e encaixar, pede tempo e paciência. Se experimentado em conjunto, pede gentileza, e escuta, sintonia.

Montar um quebra cabeça é reconstruir uma imagem, alguma imagem. É estabelecer contato e ampliar bagagens, é processo e encontro: construção.

Palavra que habita toda comunidade Carandá Vivavida por muitos motivos, em especial, por ser esta escola lugar de encontrar para fazer junto, com(junto), em todos os sentidos que sejam possíveis se imaginar. Além de ser construção constante anda a construir um novo prédio, novidade que foi atravessada pela pandemia e que fez a palavra “construção” aqui presente ganhar ainda mais força e ficar acompanhada do (re). Construir de novo, pensar de novo, fazer de novo... E sempre, e sempre. Pensando que construir é palavra que reúne todos os sentidos a seguir: juntar, amontoar, empilhar, reunir, erguer, criar e que estamos todos a multiplicar estas forças: re(construindo) a maneira de ser estar dentro da escola.

O contorno da mostra deste ano se propõe a ativar conexões em re(construção) a partir dos sentidos que compõe a palavra “construção” de um ponto de vista da possibilidade do refazer, recomeçar, re(construir).

Neste contexto, escolhemos itens de uma construção para compor o elã vital, a estrada desta exposição, assim ANDAIME, AREIA, CIMENTO, FUNDAÇÃO, TIJOLO, VÃO e VIGA são os territórios de visitação desta montagem, as peças do nosso quebra cabeça.

 

Conheçam a seguir a relação que estabelecemos entre cada território e a educação, e descubra quais trabalhos contam essa narrativa. Navegue! Vamos reconstruir a maneira de visitar uma exposição!

peca.png

© 2020 por Carandá VIvavida 9a Imaginar-te - Conexões em (re)construção - Montagem/Design Juliana Carnasciali - Jullipop e Rosana Rocha